Ocorreu um erro neste gadget

bem vindos

que pena que aqui so entra de maior ne?
se a policia pega nois elles mantam.

como participar do nosso blog?

participe do nosso blog mandando sua historia para: contoseroticossa@gmail.com as

07/02/2011

GRATA SURPRESA

Um dia resolvi ler os contos com minha esposa. E um em especial chamou-nos atenção. Parecia um relato.
Eu e minha mulher, que chamarei de Carla, somos um casal - eu com 32 e ela com 29 anos. Somos profissionais da area de saúde. Tenho o corpo em dia, pênis de bom tamanho e bem grossinho, arrancando sempre suspiros e minha mulher, modéstia de lado, é um avião. Loura, morena de pele, depilação sempre em dia com o laser, cheirosa, cuidada, linda. Não tenho a menor vocação para corno ou submisso. E por isto um conto nos saltou aos olhos. Um especialmente. Parecia um relato muito louco de um casal.
Depois do relato do casal, nós ficamos a vontade para tentar fazer nosso primeiro menage. Já havíamos tentado duas vezes, mas na Hora H, desistimos. E foi mais uma vez e nada.
Minha mulher teve a idéia de contatarmos o casal que havia escrito. Deu um trabalho, mas publica mensagem daqui, escreve ali, pede ajuda a um amigo e em menos de uma semana já estávamos falando por e-mail com o casal e em seguida por telefone.
Falamos com os dois. E marcamos um suco numa loja de sucos no Leblon. Sou paulistano que se apaixonou pelo Rio. O papo com o casal foi fantástico. Parecia que éramos amigos de longa data. Marcamos para fazer algo no domingo. Fomos a praia e depois, muita conversa e fizemos algo novo. Fomos para um motel e transamos juntos. Sem trocas de esposas, mas num clima divertido. As meninas se divertiram, meteram a mão no pau alheio, mas não houve penetração que não fosse com as respectivas esposas. E foi muito legal.
Depois da transa, e passado o efeito do sol e da champanhe, Carla comentou com sua nova amiga sobre um dos contos que eles publicaram. Ela falava de um menage com um cara com um pau com mais de 25 cm.
Eu falei :
-Ah, que isto não existe.Pau de mais de 25 cm!
E para minha surpresa, os dois confirmaram que existia e que ele era amigo deles. Que agora não saía com tanta frequência, estava casadão, mas que ele tinha um pênis de fazer inveja em qualquer ator pornô. E para completar, a Dama de Ouros(apelido que ficou para nossa amiga) ainda fala que o cara é gato.
Num misto de curiosidade e invasão, eles nos mostram o filme que fizeram com o cara. Não apareciam rostos, mas era ela subindo no pau dele. O pau do cara realmente era descomunal. E depois, ainda no telefone, tecnologia 3G, entramos no facebook e vimos o cara. Minha mulher deu uma babada. Fiquei meio puto e enciumado na hora. Mas como não queria estragar o clima, fingi não me preocupar.
Dia seguinte, em casa, fui entrar no facebook e vi que a página do cara - o caralhudo, tinha sido vista. Perguntei na hora para Carla. Ela não mentiu e falou que foi ver as fotos dele. Ver se ele tinha algum amigo em comum, para onde ele tinha viajado, o que ele fazia. Não gostei. Mas ela foi sincera.
Perguntei achando que ouviria um claro que não,se ela tava querendo transar com ele.
Ela respondeu:
- Sim.
Na hora fiquei muito puto. Mas me controlei. Somos fiel um ao outro. Nunca nos chiframos desde que estamos juntos. Temos confiança e transparência.
Pensei se ela sempre topou fazer tudo o que eu pedia, inclusive em 2 dos 3 menages, não rolaram por mim e apenas um foi por ela, eu falei que topava se a gente falasse com ele, mas levasse uma prostituta junto. Achei que ficaria em vantagem tendo esposa, profissional paga e escolhida por mim e eu.
Conseguimos mandar mensagem para ele no facebook e ele respondeu, rindo. E dizendo que deveria lançar um serviço. O cara me deixou leve. Pois no conto/relato de nossos amigos não havia aquela coisa degradante do corno humilhado que sempre me encomoda nos contos de sexo grupal.
Carla falou que havia comentado com o casal amigo e a esposa havia dito que um pau descomunalmente grande, bem usado, provoca um gozo diferente nas mulheres. Que ela garantia isto. Que quem fala diferente é para defender quem não tem. E sinceramente, em toda minha vida, além desta cara, só ouvi um relato de alguém que fosse assim extra ajumentado.
Eu e Carla escolhemos a Garota de Programa que iria junto na nossa festinha. E ela era quase tão bonita quanto minha Carla. Quase. E no book da agência havia outras meninas muito bonitas. O nível da prostituição melhorou muito. Quando eu era mais novo 16-19 anos, estou com 32 anos, as prostitutas eram bem mais feias. Cachê da menina negociado. Data marcada. Expliquei como eu queria, contei para a Garota de Programa que minha mulher não teria coragem de fazer sexo oral em outra mulher e tudo explicadinho.
Aprontamos tudo. Passamos para pegar nosso novo grande amigo e fomos direto para um Motel em Botafogo. Pegamos um quarto simples e uma mega suíte.
Chegando lá, para quebrar o gelo, a Garota de Programa ligou a música e começou a fazer um strip tease. Nosso amigão, foi chegando nela direto. E ela correspondeu. Mas chamou eu e Carla para participarmos.
Aí veio minha supresa. Eu achava que minha mulher iria atacar a pica gigante. Mas como a pica gigante do nosso amigo estava guardada, ela atacou a xoxota da Garota de Programa. Enquanto ia se livrando das suas roupas. Nosso grande amigo jogando as roupas dele no chão e eu fazendo o mesmo.
Minha mulher ali, caindo de boca numa xoxota. Eu nunca pensei que rolaria isto.
Perguntei:
-Tá gostando?
E minha esposa:
-Muito. E continuou.
Não é vidagem ou homosexualismo. Não tem como não reparar na pica do cara. Além de enorme, é grossa.
A Garota de Programa, que está acostumada, ao olhar comentou :
-Você tem que fazer seguro para esta pica, ela vale ouro!!!!!!
-Nunca vi coisa igual.
Elogiou a minha dizendo que era bem grossa. E caiu de boca no nosso novo e enorme amigo.
Eu ia chupando minha mulher que falava que a xoxota dela tinha gosto bom.
Eu excitado demais, segurando gozo.
Nunca chupei minha mulher com tanta vontade. Sugava sua xoxota.
Demos uma organizada na festinha. Coloquei minha mulher de 4 e fui metendo nela. Enquanto ela chupava a GP(Garota de Programa) e a GP chupava o caralhudo. O caralho do cara é descomunal. Queria evitar que minha mulher desse para ele. Achei que iria estragar meu brinquedinho.
A GP gozou na boca de minha mulher. E se levantou. Eu continuava bombando minha mulher. E minha mulher foi deslizando e começou a chupar aquele mastro branco com uma cabeçorra vermelha. Desviei atenção, pois quase broxei. Mas ao ver minha mulher fascinada, punhetando a pica que a mão dela não fechava, continuei comendo.
E a GP voltou e veio por baixo e começou a chupar minha mulher enquanto em metia nela ainda de 4.
Gozei com a GP lambendo meu saco e a xoxota de minha esposinha, que mamava aquele mastro.
Me levantei.Não queria que o pau ficasse desfalecido ali do lado. E nem precisou. O pau já estava duro de novo.
A GP começou a fazer carinho e massagem na minha esposa e tomou o lugar dela na mamação do enorme amigo. E falou:
- O casal ali já gozou. Agora é nossa vez.
-Afinal, vc hoje é meu esposinho. Aliás esposão.
E todo rimos.
E começou um show de trepada na nossa frente.
Se eu tivesse filmado e colocasse na interenet, seria um dos melhores videos.
O cara tem o corpo legal. Cara de gringão. E uma pica que se eu vi igual em filme não era branca. A pica que chegava mais perto da dele é de um ator chamado Lex Steele. Repito que não sou ligado em tamanho e não tenho pau pequeno. Não tenho alma de corno, nem de viado. Nada errado em quem tem, mas não é meu caso.
Eu e minha mulher adorando nossa televisão em 3D vendo aquele casal ali fudendo na nossa frente. Ela se ajeitava e soltava gritinhos, de ui, ai, calma e ia curtindo a pica dele. Pediu um papai e mamãe e quando ele começou a meter forte soltou um urro que todo motel ouviu e praticamente desmaiou.
Pediu um tempinho e ficou ali deitada.
De todos o único que ainda não havia gozado, era ele. E vi que ele olhou para minha esposa. Tentei entretete-la, não queria bancar o bobão que não conseguiu curtir a brincadeira, mas quando vi, minha esposa me pediu para pegar camisinha. Notei que não tinha jeito. Ela não iria ficar só no sexo oral nele.
Entreguei as camisinhas. Dei um beijo na minha mulher e fui para a banheira com a GP. Demos um mergulho antes na piscina e fomos para a banheira.
A Gp me deu um banho de lingua maravilhoso. E meu pau estava duro como rocha. Preferi esquecer que minha esposa estava entrando numa rola gigantesca.
A GP comentou que a pica do cara tinha deixado ela esfoladinha. E me ofereceu o rabinho, que fui comendo e me deliciando. E falava para ela.
-A minha pica é boa ou não é?
- Ela falava, delícia. Perfeita. Grossinha.
Liguei a hidromassagem para não ouvir os berros de minha mulher. Ela é um pouco barulhenta. Mas ela não berrava. Urrava como eu nunca vi. Urrava de eu com v e musica ligada, porta fechada, ar condicionado e eu ainda ouvia o barulho dela urrando e berrando coisas desconexas. Tipo :
-me arromba.
-Fode que nem uma puta
E outras coisas que não é legal de ouvir.
A GP me falou que minha esposa chupa xoxota como uma profissional. E que ela gosta do esporte. Como me confidenciou que em toda sua vida profissional só tinha visto uma coisa daquele tamanho e era de um gringo que não falava inglês direito. E comentou que a pica do cara é para virar ator. Ela falou:
-Se o cara é seu amigo, assina um contrato para empresaria-lo.
-Manda uma foto dele para Brasileirinhas e outras produtoras. Vale uma grana aquela pica.
E insistiu:
-Sua mulher tem a melhor boca de beijar e de me chupar. Eu que teria que pagar por hoje.
Perdi a noção do tempo. Comi um cuzinho na hidromassagem. E voltei vi minha mulher deitadinha, encolhida, coberta e o cara vendo Tv com a perna em cima de minha esposa.
Depois perguntei para ela que me disse ter gozado maravilhosamente umas 4 vezes. E que havia gozado de esguichar. Coisa que nunca tinha acontecido.
-Meu amor, eu gozei que nem a gente vê na internet. Escorreu.
O nosso enorme amigo foi para o banheiro e trouxe a GP de cabelos molhados.
Quando vimos, eu achei que tinha passado uma uma hora e meia, mas já estávamos ali fazia 4 horas. A GP ligou e desmarcou os compromissos. Perguntei se ela estava esfolada. Ela comentou.
-Um pouquinho, mas ainda vou me esfolar mais. Amanhã não trabalho.
Não entendi, mas em seguida a vi subindo e dando para o enorme amigo.
E eles começaram mais um show particular.
Depois ela falou:
-Pica assim é bom. Mas não dá para ter todo dia. É como ir ao Parquinho. Se for todo dia não dá.
Minha mulher na cama falava.
-Foi uma delícia, mas agora chega de pica descomunal. A sua é perfeita. Pica descomunal é bom para a gente ver assim. Comendo as outras.
Perguntei se ela havia gostado. E ela falou baixinho no meu ouvido.
-Amei. Gozei. Mas te amo. Prefiro a sua. Se quiser uma pica assim, a gente compra um vibrador.

Um comentário:

  1. Bom dia.

    Como vai?

    Seu conto muito me interessou, já que tenho como fantasia o Menage masculino e minha esposa sonha em conseguir ejacular.
    Gostaria, se possível, de receber o contato do tal “caralhudo” do conto para que eu possa conversar com ele sobre esses assuntos.

    Desde já agradeço e desculpo-me por qualquer inconveniente.

    Um abraço.

    Milton.
    odeio_quimica@hotmail.com

    ResponderExcluir

Total de visualizações de página

O QUE VC QUER LER