Ocorreu um erro neste gadget

bem vindos

que pena que aqui so entra de maior ne?
se a policia pega nois elles mantam.

como participar do nosso blog?

participe do nosso blog mandando sua historia para: contoseroticossa@gmail.com as

06/02/2011

começou no taxi e terminou no motel


Olá,meu nome é Lilli,tenho 26 anos,sou do Rj.Vou dispensar mais apresentações,quem quiser saber como eu sou favor ler meus outros contos ok!
Meu primo era realmente louco! Tem revirado meu mundo e deixado minha vida de pernas pro ar desde que apareceu depois de 10 anos.Por causa dele saí da rotina e tenho gozado deliciosamente várias vezes.Nossa! Como ele mete gostoso!
A caminho do banheiro eu pensava na loucura que haviamos feito a alguns minutos atras,afinal,não é todo dia que eu transava num taxi em movimento com um motorista taradão como espectador.
Eu ainda usava a saia jeans e a sandália prata de salto.No corpo as marcas que eu teria que esconder do meu marido.Na boca o gosto do prazer que Edu despejou em jatos na minha garganta.Ele vinha atras de mim,me beijando a nuca,me acariciando toda.
Já no banheiro ele me solta e vai ligar a hidro,enquanto eu começo a me despir.
-A sandália não Lilli,fica com ela!
-Não sabia que você tinha fetiches porsandálias altas.
-Sua boba! Mas isso deixa a mulher mais...sexy,eu gosto disso.
Estava eu então nua e com a tal sandália.Me olhei no espelho e tive que concordar,eu estava mesmo sexy.
-Vem pra cá priminha vem....
Ele estava me esperando já dentro da água,eu caminhei até ele e fui entrando,porém ele me impediu de continuar e me fez sentar na borda.
Ele se virou de frente pra mim,com o rosto bem próximo as minhas pernas.Eu literalmente me abri pra ele que por sua vez chegou mais perto e foi me enfiando um dedo,e depois outro...
-Você é tão quente por dentro!
-É você que me deixa assim Edu!
Ele movimentava dois dedos na minha xana num vai e vem lento,gostoso...eu joguei a cabeça pra traz e arqueei o corpo me apoiando nas duas mãos.
-Olha pra mim Lilli,adoro ver você sentindo prazer.
Eu olhava ele todo concentrado,mordendo o lábio inferior e me fodendo dessa vez mais forte com os dois dedos.Ele estava ofegante,e eu gemia baixinho.
-Delícia!tá ficando molhada!
Euinstintivamente movia os quadris incentivando meu primo a ir mais fundo em mim.Ele por sua vez entendeu o recado e socou fundo.
-Assim Edu! Assim....
Já totalmente tomada pelo tesão eu gemia alto e abria as pernas o máximo que eu pudia pra que ele me usasse livremente.Edu acelerou os movimentos e pra meu delírio começou a sugar e lamber meu clitoris.
-Ai Edu,assim eu não aguento!
-Quer gozar Lilli?
-Quero! quero muito,você metendo assim não tem como segurar Edu!
Ele pegou minha mão e colocou na minha própria boceta.
-Se masturba e goza pra mim!Quero ver você fazer isso...
Comecei a esfregar meu clitoris com vontade,gemendo alto,vez ou outra enfiava um ou dois dedos bem fundo na xana.Ele observava cada movimento que eu fazia e ficou doido quando depois de gozar levei meus dedos a boca,lambendo e sentindo meu próprio gosto.
-Minha putinha,safada! assim você me mata de tesão.
Ele me puxou pra junto dele na água e me beijou,eu adorava o beijo dele,me tirava asforças,aquela boca quente,macia e molhada me deixava mole,receptiva.
Ele me tocou em todas as partes do meu corpo e se deliciou com minha bunda,apertou,mordeu as nádegas,bateu...me pôs de quatro na borda da hidro,e mandou q eu abrisse as pernas .Enfiou o rosto entre elas e começou a me lamber o cuzinho e brincar com os dedos no meu buraquinho.Eu fiz questão de abrir caminho pra ele com minhas próprias mãos.
-Isso prima,tesuda! Quer me dar o cú quer?
-Quero,mas é só nele que você vai meter,esquece minha boca e minha boceta,quero só no meu cú.
-Caralho Lilli,empina pra mim...
-Assim?.-eu disse empinando minha bunda e quase encostando o rosto no piso.
-Isso Lilli.Vou comer seu cúzinho,vou meter nele bem gostoso!
Ele deu uma cuspida no pau e me melou inteira com a lingua,depois mirou bem na entradinha e foi forçando,eu sentia dor mas era pouca pois já estava acostumada a dar o rabo,e queria muito aquilo,e quando uma mulher quer mesmo dar o cu a dor é minimizada,parece até magica!-Mexe essa bunda pra mim!
Eu senti cada centimetro daquele pauzão me invadindo,abrindo minhas pregas.Quando ele conseguiu entrar em mim por inteiro ele ficou parado e eu apenas sentia ele pulsando,como se quisesse se acomodar e ser "abraçado" pelo meu buraquinho.Eu já ansiava pelas estocadas potentes dele.
-Que cu gostoso Lilli,quente demais!
Meu primo então começou a se mover,devagar.Eu de olhos fechados só sentia ele deslizando nas minhas entranhas e gemia.
-Lilli,eu não vou ter pena de você não!
-E eu pedi pra você ter pena? Me arregaça Edu! Faz com meu cu o mesmo que faz com minha boceta,mete em mim com vontade!
-Porra Lilli,fala isso não,caralho! Tesão!
Edu se transformou nesse momento,segurou meus cabelos como se fossem rédeas,me apertava a cintura com força,tanto que eu sentia dor,e então veio as estocadas,uma,duas...três...eram tão fortes que eu gritei de dor,e sentia meu rabo ardendo,mas queria mais,queria tudo...
-Grita puta! Não quer varano cu então aguenta!
-Isso Edu,fode,me come o cu bem gostoso cachorro!
A dor que eu estava sentindo se foi,dando lugar somente aquela sensação maravilhosa de preenchimento.Edu urrava,me batia,e estocava sem parar,vez ou outra virava meu rosto e me beijava.Estava gostoso demais.
-Tá gostando Lilli?era assim que você queria amor?
-Sim,assim..
-Toca nesse grelinho safada vai,se masturba dando o cu e me diz o que está sentindo.
-Seu puto! quer saber o que eu sinto? Eu estou amando essa rola me comendo,tô sentindo você tocar fundo no meu cu cachorro! Está gostoso demais Edu!
Eu sentia meu orgasmo chegando,sentia aquele calor na boceta ficar mais forte,aumentei a velocidade da siririca e meu primo percebeu o que aconteceria.
-Isso minha gostosa!Goza gostoso na pica do seu macho!
Meu corpo se tremeu inteiro e gozei,gozei intensamente ,gritando,xingando,batendo nas pernas do meu primo.
Eu sabia que ele estava fazendo um esforço terrivel pra não gozar,ele diminuiu avelocidade das estocadas e agora metia devagar,mas bem fundo.Colocava o pau inteiro dentro de mim,e tirava por completo,metia e tirava,vez ou outra parava e olhava o "estrago" que tinha feito em mim.Eu delirava quando ele arreganhava minha bunda e cuspia bem dentro de mim,e eu sentia aquela saliva quente escorrendo pro fundo.Depois ele metia o pau e eu ouvia aquele barulho gostoso que denunciava o quanto eu estava lubrificada.
-Pisca o cu pra mim Lilli!
Eu contrai meus musculos com dificuldade.
-Não aguento mais!
-Goza Edu,enche meu cu de porra quente gostoso!
Ele enfiou a vara de uma vez só e logo senti que ele gozava,inundando meu rabo de esperma.
-Gostosa,que cu Lilli,minha delícia.
Agora sim me sentia uma fêmea satisfeita por ter feito meu primo gozar tão gostoso e no buraco que ele queria.E a hora passava depressa...
Já de volta a cama,relaxados,ele brincava com meus pés,lambia e beijava cada pedaço que não estava coberto pela sandália.
-Edu,tenho que ir embora,táficando tarde.
-já quer se ver livre de mim é?
-Não é isso,é que tenho meu marido e meus filhos,e você tem sua mulher esqueceu?
-Por mim eu ficava aqui pra sempre!
Ele tinha tirado minha sandália uma a uma e brincava com meus dedos,beijava,lambia o vão entre eles,sugava...
-Eu também Edu,mas não podemos e você sabe disso.
Fechei meus olhos e me deliciei com aquele carinho nos pés.
-Gostoso...
-Gostosa é a visão que tenho daqui Lilli.
-Safado!
Ele sorriu,e veio até mim,levantou minhas pernas até seus ombros e ficou pincelando o pau na entrada da minha xana.
-Não canso disso,é muito tesão pra uma pessoa só!
-Aí não Edu,você queria cu,pois é só ele que você pode ter por hoje.
-Delícia Lilli!
Me penetrou sem nem ao menos lubrificar,também nem precisava,eu estava mais do que "receptiva".Só que o sexo dessa vez teve gosto de despedida,não pra sempre,mas porque não queriamos ir embora.
Ele penetrava firme,ás vezes abria minhas pernas e me comia assim,um papai e mamãe sóque no cuzinho,enquanto me beijava e fazia carinho nos meus cabelos.Ele acelerou,me comendo com força,ajoelhado,eu de frango assado.
-Goza comigo Edu!
-Ahhh Lilli,minha Lilli...
Me masturbei enquanto ele socava em mim com violência.Gozei e em seguida ele fez o mesmo,mais uma vez inundando meu cu com seu esperma que eu adorava sentir...
Já no caminho de casa,eu pensava na desculpa que daria pra não transar com meu marido,eu estava exausta,toda marcada e ele com certeza iria notar que eu tinha dado meu rabo a alguém.Pra minha sorte ele não tinha chegado ainda,tomei um banho,fui buscar meus filhos,enfim,tudo que eu fazia de costume.
Meu celular tocou,era mensagem do meu primo:
-Obrigado pela tarde mais gostosa que eu já tive,te quero muito,e de preferência o mais rápido possivel,só sei pensar em você...
Mais tarde,na cama fiz um gostoso sexo oral no meu marido,engolia o pau dele quase todo,até engasgar,tirava da boca super babado e punhetava enquanto lambia acabecinha,depois sugava suas bolas uma a uma.Ele curtiu muito a chupada,eu adorava então fiquei por muito tempo dando esse prazer ao meu marido que gozou abundantemente em minha boca.
Pensei no meu primo,deveria estar comendo a mulher dele agora assim como fez comigo...
Não quis pensar nisso,só queria viver um dia de cada vez,fazendo o que me desse vontade com meu primo,curtindo o momento,sem cobranças e com muito,muito desejo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

O QUE VC QUER LER